EU QUERO

EU QUERO #3

quarta-feira, maio 03, 2017

Estou em um momento em que toda loja que entro meu primeiro pensamento é ~nossa, será que tem panela aqui? E o segundo pensamento é ~vai ficar lindo na sala! Sim, meus amigos, essa é a minha nova vida e até passar essa fase, por favor, tenham paciência e curtam comigo.

SÉRIES

5 ARTIGOS PARA LER SOBRE A SÉRIE 13 REASONS WHY

quarta-feira, abril 19, 2017

Suicídio não legal, quem fala que vai fazer isso nem sempre quer apenas chamar atenção e não basta a pessoa "não querer estar assim que ela não vai ficar assim". O assunto é extremamente sério, ainda mais na vida do adolescente, que acredita que já viveu coisas ruins o suficiente e nada vai melhorar. Ainda assim, vai soar clichê, mas, é um imenso tabu.

DECORAÇÃO

10 IDEIAS DE DECORAÇÃO EM PRETO E BRANCO

segunda-feira, abril 17, 2017

Nunca imaginei que esse dia chegaria. O dia em que eu poderia decorar minha própria casa e fazer nela o que eu quiser. Claro que o Pinterest tem me ajudado muito na busca por ideias legais de decoração e eu tenho aliviado minha ansiedade olhando as coisas lindas que têm por lá. Semana passada, fizemos algumas compras para casa e eu decidi que quero o máximo de preto e branco que eu puder, foi aí que dei uma olhada nessa sessão e só achei coisas maravilhosas de cair o queixo.
1 - 2
Quem não ama almofadas? Elas dão uma carinha linda, seja na sala, seja no quarto. E o home office, acredito que mereça uma atenção especial ainda mais para quem costuma ficar horas no computador, como eu.
3 - 4
Um gato na decoração, né? As gateiras de plantão aí sabem o quanto isso é importante. 
5 - 6
Achei o máximo essas capinhas de travesseiro e também a ideia de suporte para livros. Claro que para mim só funcionaria se a casa tivesse umas duzentas paredes. Mas a ideia não deixa de ser legal.
7 - 8
Adoro um banheiro arrumadinho. Sim, esse espaço pode ser lindo e aconchegante.
9 - 10
E por fim, velas, livros, quadros, revistas... Vale usar a criatividade e eu, como não tenho muita, vou usar esse post muito para mim mesma. Amei as duas últimas imagens e pretendo usar um dia na vida, quem sabe.

Vou ficando por aqui, em breve mostro as coisas legais que compramos para a casa nova, além do papel de parede lindo do meu coração, que tem tudo a ver com o tema deste post. Já aviso logo, muito preto e branco, alguns coloridinhos. Até mais!

FOTOGRAFANDO

FOTOS PREFERIDAS QUE TIREI RECENTEMENTE

segunda-feira, abril 10, 2017

O titulo desse post deveria ser fotos preferidas que tirei recentemente e, por algum motivo, não foram para o Instagram. Mas achei muito grande. A questão é que, como já comentei algumas vezes, eu fotografo demais, tudo ao meu redor, porém não posto um terço dessas fotos. Algumas fotos eu tiro só mesmo para registrar um momento ou alguma coisa legal. Eis que hoje estive vasculhando minha galeria e encontrei várias fotos legais e que até então não foram parar no meu insta (segue lá @milcaabreu). Então chega mais.

DECORAÇÃO

VOCÊ​ CONHECE A DERO DECOR?

sexta-feira, abril 07, 2017

Se tem uma coisa que pretendo incluir na minha vida adulta, definitivamente, é papel de parede. Sem dúvidas é o jeito mais fácil de dar aquele toque mais pessoal no ambiente e deixar sua personalidade ali, estampada. Em algum post desse blog que tanto amo, citei que estou em processo de desenrolar o noivado e finalmente me casar com o Rodrigo e desde que tomamos essa decisão, por mais que tenhamos adiado anos e anos, eu sempre sonhei em decorar eu mesma nosso cantinho e deixar bem a nossa cara. Eu não tinha pensado muito sobre como seriam as paredes, que até então seriam puramente brancas, até que recebi da DeroDecor o rolo do papel de parede mais lindo ever!

Desde então passo horas no site da DeroDecor olhando os modelos lindos que eles têm, além de buscar inspiração no próprio site, já que as imagens são de ambientes decorados e eles sempre compartilham ótimas dicas de decoração. O papel de parede que recebi foi esse e eu já pensei várias vezes em usar ele aqui mesmo no meu atual quarto, porque sou dessas pessoas ansiosas que sofrem por ter que esperar, mas como estou tentando a cada dia controlar esse meu grande problema, resolvi que vou deixar ele guardadinho aqui para o nosso futuro quarto. 
Como eu disse, ele vai ficar guardadinho aqui, mas já pude sentir a qualidade mesmo sem usar. Além de lindo ele aparenta ser bem resistente e tenho certeza de que vai combinar muito com a nossa futura casa. Já consigo imaginar cada cômodo aqui na minha cabeça. Além disso, pretendo fazer uma série de posts relacionados ao tema, já que estaremos montando uma casa nova e nos casando depois de quase oito anos juntos, acho que tenho muito que compartilhar né?

Fica aqui minha indicação da loja online e também do blog da DeroDecor, que tem ótimas dicas. Sobre a empresa:

A Dero Decor é uma empresa especializada na importação e distribuição de papeis de parede e pisos vinílicos. Nossa missão é oferecer produtos de decoração de alta qualidade a preços acessíveis.
Através da nossa equipe de curadoria, sempre buscamos produtos de acordo com as últimas tendências internacionais, prezando sempre a qualidade e satisfação dos nossos clientes. Trabalhamos arduamente para que o consumidor brasileiro tenha a disponibilidade de produtos de decoração a preços acessíveis, com o melhor custo-benefício do mercado.

O papel de parede veio muito bem embaladinho e é lindo demais. Certeza que vou querer papel de parede em todos os cômodos da minha futura sala, quarto e outros cômodos. Além disso ainda têm os papeis infantis que são lindos, os pisos vinílicos e os florais, ótimos para o quarto. Ah e também estou apaixonada pelos pisos vinículos, eu sempre quis um piso assim (risos)

CINEMA/FILMES

ÚLTIMOS 10 FILMES VISTOS

quarta-feira, abril 05, 2017

Às vezes eu me pergunto o que acontece comigo, já que não tem nada que eu possa fazer amanhã que eu não deixe para aqui duas semanas. A situação está tão grave que até os filmes e séries estão atrasados por motivo nenhum. Tudo bem que nas últimas semanas fiquei grudadinha na bad porque aqui em casa estava sem internet, mas já passou sabe e eu faço o que?

LIVROS

LIVRO | SUICIDAS - RAPHAEL MONTES

segunda-feira, março 20, 2017

I.S.B.N: 9788564065574; Páginas: 488; Ano: 2012; Autor: Raphael Montes; Gênero: Suspense e mistério; Editora: Benvirá.
SinopseUm porão, nove jovens e uma Magnum 608. O que poderia ter levado universitários da elite carioca – e aparentemente sem problemas – a participarem de uma roleta-russa? Um ano depois do trágico evento, que terminou de forma violenta e bizarramente misteriosa, uma nova pista, até então mantida em segredo pela polícia, ilumina o nebuloso caso. Sob o comando da delegada Diana Guimarães, as mães desses jovens são reunidas para tentar entender o que realmente aconteceu, e os motivos que levaram seus filhos a cometerem suicídio. Por meio da leitura das anotações feitas por um dos suicidas durante o fatídico episódio, as mães são submersas no turbilhão de momentos que culminaram na morte dos seus filhos. A reunião se dá em clima de tensão absoluta, verdades são ditas sem a falsa piedade das máscaras sociais e, sorrateiramente, algo muito maior começa a se revelar.
Avaliação: ★★★★☆

Sempre fui muito fã de histórias de terror, porém, ultimamente, estou devorando livros do gênero e quanto mais mistério e suspense, melhor. Os thrillers estão ocupando cada vez mais espaço no meu Kobo. Abro um parêntesis aqui para dizer que, sim, livros físicos estão muito caros então estou aproveitando ao máximo a leitura digital, ainda mais que os preparativos para juntar as escovas de dente
com o Rodrigo são prioridade no momento. Mas voltando ao assunto, não sei por qual motivo estou tão obcecada por historias de terror, tanto da ficção quanto as que ocorreram na vida real e nada melhor do que um bom livro, certo?

Em uma busca rápida, passei pela sessão de terror/suspense do Submarino e acabei parando em Suicidas. Li a sinopse e achei a ideia interessante e só lá pela página 30 me dei conta de que estava lendo um autor nacional. Sou entusiasta da literatura nacional e super-incentivadora, mas convenhamos que, nos dias de hoje, é mais fácil encontrar livros sobre romances e casais que têm um final feliz do que bons livros relacionados a outros temas. Já li ótimos livros com temática diferente e me surpreendi a cada página lida, e sinceramente? Dou o maior dez para quem se arrisca a fugir do clichê. 

Suicidas é livro com uma ideia inovadora, ao menos para mim. Você já parou para pensar o que se acontece na cabeça de um suicida? O que leva um indivíduo a tirar a própria vida? Podem ser N motivos e não cabe a ninguém julgar, mas já imaginou cometer suicídio em nome da fama? Em busca de algo glorioso, mesmo que tudo isso tire o que há de melhor no mundo que é viver? Os oito personagens que são apresentados no decorrer da história são pessoas comuns, cada um com seu motivo pessoal para estar ali, mas o protagonista, Alessandro, busca algo além de acabar com os problemas. Ele quer ter seu nome reconhecido. 

O livro é dividido em capítulos, mas algo que achei interessante é que eles são narrados a partir de três perspectivas: 1) através das anotações de Alessandro, onde ele conta o porquê de querer suicidar-se e mais detalhes sobre os acontecimentos anteriores; 2) através da gravação da reunião com as mães dos envolvidos, que consiste basicamente na leitura das anotações do Ale feita pela delegada Diana, que é quem investiga o caso; e 3) do livro que Alessandro está escrevendo sobre aquele dia. 

Sabe aquele tipo de história que você imagina vários finais possíveis e acaba não sendo da forma como você pensou? Suicidas tem um final surpreendente. A história toda é envolvente, mas, sem dúvidas você nunca vai acertar como tudo acaba. Eu mesma fiquei com a boca aberta por vários minutos quando cheguei a pagina final. Senti muita pena do Otto e do Noel, não consegui visualizar a Waléria na minha mente, tive raiva do Zak, sentimento neutro em relação ao Ale... cheguei a pensar que o acidente envolvendo os pais do Zak era uma farsa. BTW, foram tantos sentimentos que nem sei descrever sem mandar um spoiler.

Todo o mistério sobre como vai terminar é legal demais. Oito pessoas decidem brincar de roleta russa, sendo que um deles vai escrever tudo em tempo real, e aí, como termina? Enfim, fica aqui minha recomendação e meu pedido: Querido Raphael Montes, nunca pare de escrever!

ESCRITOS

SENTINDO-ME NOSTÁLGICA (OBRIGATORIAMENTE)

quarta-feira, março 01, 2017

Faz alguns dias que a minha internet faleceu de vez. Ainda nem sinal ou esperança de retorno. Com isso, para não ficar me sentindo em marte durante tanto tempo andei recorrendo a aparelhos que achei que nunca mais veria/usaria na minha vida.

Tudo começou quando percebi que tinha chegado ao fim da nona temporada de The Big Bang Theory que estava em um pen drive (eu via na TV) e não tinha mais nada que eu pudesse fazer nos meus dias de folga. Bom, tenho alguns DVDs na estante e pensei: why not? Foi assim que recorri ao meu pai. Ele tem um arsenal de equipamentos antigos, tais como aparelhos de DVD, vitrolas, toca fitas, rádios AM/FM, vídeo cassete e por aí vai. Prontamente ele, que é um amor, colocou o aparelho de DVD no meu quarto e deixou tudo no ponto para que eu pudesse maratonar Friends. Para não ficar só nisso, as vezes eu alternava entre Friends e Lost. É ou não é muita nostalgia misturada?

Não para por aí. Até que para algumas coisas a internet 4G estava quebrando o galho, mas, como sabemos, muitas vezes ela dá mais raiva do que alívio, e aí aconteceu que hoje pela manhã meu pacote de dados, que eu julgava ótimo, acabou assim do nada. Nem sei se acabou na verdade, só sei que não funciona. Como disse ali em cima, para não me sentir em outro planeta por tanto tempo voltei correndo no papai e pedi um desses rádios para ficar por dentro das notícias. Você deve estar se perguntando: e porque não ver TV? A minha resposta é: se não estiver passando série, filme ou algum desenho, sem chance. Ah, além disso, cancelamos a Sky aqui em casa temporariamente apenas por ela ser uma grande f#@$%¨da p#$%¨&.

Apesar de estar desolada porque estou precisando me virar nos trinta para não ficar louca, foi algo bem legal e assustador ao mesmo tempo; relembrar os ~nem tão~ velhos tempos e perceber como a tecnologia nos aprisiona. Em todo caso, sigo tentando ver o lado bom de tudo isso.

Esse post foi escrito na praça de alimentação do shopping perto de casa (enquanto tomava esse belo milkshake de café da foto, porque sem café a vida não vai) a única wi-fi grátis das redondezas. Depois disso dei uma atualizada nas redes sociais e agora é só torcer para que chegue logo semana que vem e que eu sobreviva até que tudo volte ao normal. Até lá, a praça de alimentação será meu novo local de trabalho.

LIVROS

LIVRO | A GAROTA NO TREM - PAULA HAWKINS

segunda-feira, fevereiro 20, 2017

I.S.B.N: 9788501104656; Páginas: 378; Ano: 2015; Autora: Paula Hawkins; Gênero: Romance policial, suspense e mistério; Editora: Record.
Sinopse: Todas as manhãs, Rachel pega o trem das 8h04 de Ashbury para Londres. O arrastar trepidante pelos trilhos faz parte de sua rotina. O percurso, que ela conhece de cor, é um hipnotizante passeio de galpões, caixas d'água, pontes e aconchegantes casas. Em determinado trecho, o trem para no sinal vermelho. E é de lá que Rachel observa diariamente a casa de número 15. Obcecada com seus belos habitantes a quem chama de Jess e Jason , Rachel é capaz de descrever o que imagina ser a vida perfeita do jovem casal. Até testemunhar uma cena chocante, segundos antes de o trem dar um solavanco e seguir viagem. Poucos dias depois, ela descobre que Jess na verdade Megan está desaparecida. Sem conseguir se manter alheia à situação, ela vai à polícia e conta o que viu. E acaba não só participando diretamente do desenrolar dos acontecimentos, mas também da vida de todos os envolvidos. 
Avaliação: ★★★☆☆

Internet

LINKS I LOVE #1

sexta-feira, fevereiro 17, 2017

Finalmente chegou sexta-feira e tenho certeza de que a maioria das pessoas que conheço ficarão em companhia do Netflix, certo? Separei algumas matérias que li durante essa semana para compartilhar com vocês e vale a pena dar uma lida.

Internet

OITO PÔSTERES PARA QUEM É APAIXONADO POR CAFÉ

quarta-feira, fevereiro 15, 2017

A maioria dos blogueiros que eu conheço, independentemente do nicho, tem um vício em comum: café. Eu sou uma dessas, tanto que na tela do meu computador a frase do momento é but first, coffee. Até pouco tempo eu achava que café era tudo igual mesmo que a marca fosse diferente, mas venho aprendendo com o tempo que isso é uma super mentira. Eu sou uma coffeeaholic - se é que existe essa palavra - declarada e ainda sonho em experimentar todos os tipos de cafés disponíveis no mercado sem ligar para a gastrite ou para a insônia.

LIVROS

LIVRO | PASSARINHA - KATHRYN ERSEKINE

segunda-feira, fevereiro 13, 2017

Passarinha; I.S.B.N: 9788565859134; Páginas: 224;  Ano: 2013; Autora: Kathryn Erskine; Gênero: Drama; Editora: Valentina.

Sinopse: No mundo de Caitlin, tudo é preto e branco. Qualquer coisa entre um e outro dá uma baita sensação de recreio no estômago e a obriga a fazer bicho de pelúcia. É isso que seu irmão, Devon, sempre tentou explicar às pessoas. Mas agora, depois do dia em que a vida desmoronou, seu pai, devastado, chora muito sem saber ao certo como lidar com isso. Ela quer ajudar o pai - a si mesma e todos a sua volta -, mas, sendo uma menina de dez anos de idade, autista, portadora da Síndrome de Asperger, ela não sabe como captar o sentido. Caitlin, que não gosta de olhar para a pessoa nem que invadam seu espaço pessoal, se volta, então, para os livros e dicionários, que considera fáceis por estarem repletos de fatos, preto no branco. Após ler a definição da palavra desfecho, tem certeza de que é exatamente disso que ela e seu pai precisam. E Caitlin está determinada a consegui-lo. Seguindo o conselho do irmão, ela decide trabalhar nisso, o que a leva a descobrir que nem tudo é realmente preto e branco, afinal, o mundo é cheio de cores, confuso mas belo. 
Avaliação: ★★★★☆

ESCRITOS

A VERDADE POR TRÁS DA FALTA DE POSTS

segunda-feira, fevereiro 06, 2017

Conhecem aquela história de "quem quer dá um jeito"? Ela fica martelando aqui na minha cabeça dia e noite. Toda vez que acontece uma pausa no blog eu fico pensando em como me animar novamente para postar, mas sei que só existe uma resposta: fotografar. Na época em que comecei a blogar aqui no Sabe o inverno?, a ideia era mostrar minhas fotos, logo, fotografar mais. Mostrar meu dia-a-dia e as coisas que eu gosto, porém já faz um tempão que eu não estou mais fotografando como hobby. 

ESCRITOS

RESUMINDO O SUMIÇO

quarta-feira, fevereiro 01, 2017

Quase seis meses depois do último post, cá estou para contar um pouco do que foi essa doideira dos últimos meses. Não sei se já falei por aqui, mas eu sou concurseira, daquelas loucas, que não pode ver um concurso e já está estudando como se não houvesse amanhã. As duas últimas provas foram para professor da Secretaria de Educação aqui do DF, já que tenho licenciatura e uma das metas para 2016 era fazer algo útil com meu diploma.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...