quarta-feira, janeiro 27, 2016

COMPRAS LOJA DC COMICS

Nunca havia feito um post assim. Nem passava pela cabeça, na verdade; mas sabe quando você gosta tanto de algo que precisa contar para todo mundo? Para isso criei um blog, afinal. 

Conheci a Loja DC Comics pelo Instagram e, apaixonada pela DC como sou - assim como também sou pela Marvel - resolvi comprar algumas coisinhas para me fazer um agrado. Todo mundo deveria fazer um agradinho a si mesmo de vez em quando. É muito bom! 
Ando muito apaixonada pelo Flash e queria muito alguma coisa com o símbolo dele. Procurei uma camiseta vermelha, mas só encontrava preta e depois que vi o copo, resolvi comprar ele mesmo. Depois achei a camiseta. Comprei. Sou dessas.
Além disso, sou muito fã do Batman há tempos e quando vi esse par de meias, já conseguia imaginar elas nos meus pézinhos, então não tive dúvidas e joguei no carrinho. Fala sério, o Batman é o melhor super heróis da DC!
Já o chaveiro, bom, na verdade era pra ter sido um copo também, mas acabei fazendo confusão, porque sabe né? não ando muito bem das idéias. Estava lendo uma HQ da Mulher Maravilha e queria algo dela, porque ela é demais. Lembro que quando assistia Liga da Justiça, eu queria ser ela e o Batman.

A experiência de compra na loja foi ótima. Eu ainda enviei um e-mail perguntando se eles poderiam realizar a alteração do chaveiro para o copo, mas teria que cancelar a compra e eu acabei deixando assim mesmo. A resposta foi super rápida e me explicaram direitinho, mas como eu já estava ansiosa demais para receber a compra preferi não mexer. A única coisa ruim que achei é que o prazo total para receber os produtos pode levar até 28 dias. Mas que fique bem claro que o problema está em mim, já que esperar não é algo muito minha cara. 

Veio tudo muito bem embaladinho e chegou em 15 dias, eu acho, e ainda ganhei um cupom de desconto que está ali me olhando e pedindo para ser usado. Mas a promessa de poupar ainda continua esse ano, então, haja controle. Além disso, os produtos são de ótima qualidade, fiquei impressionada com as meias que são bem grossas e quentinhas. Você pode conhecer mais a loja acessando o site, Instagram ou Facebook.

   Follow me
 Instagram || Facebook || Flickr || Bloglovin  || Snapchat: milcaabreu  

LIVRO | INVERSO - KAREN ALVARES

Título: Inverso | Autor (a): Karen Alvares | ISBN: 9788582431450 | Ano: 2015 | Páginas: 136

A Editora Draco, parceira aqui do blog, disponibilizou alguns promocodes na Appstore e eu fui uma das sorteadas. Fiquei imensamente feliz, já que estou adorando conhecer escritores nacionais que são realmente bons.

Ainda não conhecia o trabalho da Karen Alvares e preciso dizer que estou simplesmente apaixonada pela escrita dela. É uma coisa tão bem feita, uma história tão bem desenhada que dá gosto de ler. Realmente muito original.

Inverso conta a história de Megan. Uma garota que perdeu a mãe e mora com o pai, Reinaldo, e a irmã caçula, Mina. Tem ainda seu melhor amigo chamado Daniel. Ela e Daniel são os dois esquisitões da escola, ele por ser um CDF e ela por "não se enquadrar nos padrões de beleza" das garotas de sua idade. Ambos são bem reservados.

Depois da morte de sua mãe, Megan, seu pai e sua irmã se tornaram muito apegados um ao outro e eles tentam preencher o vazio que há ali. O pai de Megan decide vender a casa e se mudar para uma outra próxima dali. Com isso, resolve também que é hora de se desfazer das coisas da esposa e pede ajuda a Megan para colocar tudo que não for utilizável em caixas para doação. Com isso, Megan encontra o diário de sua mãe com a frase NÃO LEIA ISSO! Em respeito à privacidade da mãe, ela guarda o diário até ter coragem de ler.

Durante o processo de arrumação, Megan deita na cama, do lado em que sua mãe costumava dormir e ao despertar, dá de cara com uma imagem estranha no espelho. Era ela, só que diferente. Ao tentar tocar o espelho, sem acreditar no que via, ela é puxada para o outro lado.

No outro lado existe uma outra Megan, mas com o nome de Megami, um outro Reinaldo, uma outra Mina e sua mãe. Viva. Mas essa família, apesar de completa é totalmente vazia e diferente da sua família do outro lado do espelho. A relação entre Megami e o restante da família é bem conturbado e assustador, cheio de brigas. 

Achei interessante que quando Megan passa para o outro lado, ela é apenas parte de Megami. Não é como naquelas histórias em que o personagem assume sua personalidade real e todos passam a achá-lo estranho e mudado. Não. Megami continua perversa e Megan só consegue assistir a tudo sem poder fazer nada. Claro que em determinados momentos, uma consegue tomar a posição da outra, mas ainda assim cada uma é cada uma.

Chega um momento em que Megami decide que vai trocar de vida com Megan e a todo momento ela se pega pensando se valeria a pena trocar de lado para, assim, ter sua mãe de novo. Mas no fundo ela não quer a vida de Megami. Eu, como leitora, fiquei pensando: ter uma vida cheia de intrigas e ter a mãe viva, podendo consertar tudo ou continuar com o carinho de seu pai e de sua irmã? Não é uma decisão fácil, mas no final Megan faz o que acha certo.

Algumas coisas não ficaram muito claras ou simplesmente passaram batido. Por exemplo, quando Megan decide ler o diário da mãe, a frase que mostra no livro dá para entender um pouco, mas ainda é vaga e não se fala mais em diário. Outra situação é o motivo da briga de Megami com a mãe, que também dá até para imaginar o motivo, mas não explica mais nada. Além disso, a forma como tudo termina é meio confuso. A impressão que tive é que era preciso terminar logo a história e não foi possível criar um clímax. Mas aí me veio a ideia de que tudo isso poderá ser explicado em um segundo livro, o que vai ser maravilhoso!

Clique aqui para saber onde comprar.

Acompanhe o blog nas redes sociais
 Instagram || Facebook || Flickr || Bloglovin  || Snapchat: milcaabreu  

sexta-feira, janeiro 22, 2016

CADERNO DE GRATIDÃO E, AGRADEÇA SEMPRE!

Os dias finais de 2015 foram bem dolorosos para mim e em compensação me ensinaram uma lição valiosíssima. Depois da tempestade que aconteceu do lado de cá decidi fazer algumas mudanças e praticá-las diariamente se possível.

Confesso, não é algo fácil e eu sabia desde o início que estava assumindo uma responsabilidade muito grande. A responsabilidade tão grande que eu estava assumindo era a de agradecer pelas mínimas coisas todos os dias.

Temos esse costume de nos sentirmos felizes apenas com coisas grandes e acabamos nos esquecendo daquele sorrisinho de quem amamos, do carinho que nossos animais de estimação procuram em nós, daquele vento no rosto...
Estou, a cada dia, tentando encontrar no mínimo cinco coisas que me fizeram sorrir. E para isso estou contando com a ajuda do caderno de gratidão - fotos acima. Não é bem um caderno. É uma agenda dessas comuns mesmo. Achei melhor, porque assim as datas ficam certinhas. Depois de uma semana, você relê e parece que sua vida é maravilhosa. Simplesmente você não consegue lembrar se aconteceu algo ruim naquele dia. Bom, comigo tem sido assim.

Outra coisa que estou fazendo bastante é: sempre que penso que vou ficar com raiva por um motivo bobo, por exemplo, os gritos dos meus sobrinhos, eu tento ver algo bom ali e dou um jeito de sorrir. Estou tentando reclamar o mínimo possível. Sempre que uma coisa tenta me deixar triste eu penso em algum lado bom daquilo ao invés de falar mal de tudo ao meu redor. 

Ninguém é de ferro, eu sei. Mas hoje posso afirmar que a vida está mais leve. Ainda esse, ano passei por alguns momentos muito ruins e não estou totalmente curada, mas aos poucos vou praticando “o lado bom da vida” e mudando meu foco para outras coisas. Ultimamente quando fico com muita raiva faço duas coisas dependendo do horário: leio até a raiva passar ou pego o mais pesado possível na academia, já que depois disso, até pensar vai cansar. Algo que vou acrescentar ai é colocar o fone de ouvido e aumentar o volume ao máximo na música Shake it off da Taylor. Tudo isso vou registrando no caderno de gratidão e já estou pensando no final quando eu parar para reler tudo, sei que vou me sentir nas nuvens e muito mais feliz.

Acompanhe o blog nas redes sociais
 Instagram || Facebook || Flickr || Bloglovin  || Snapchat: milcaabreu  

terça-feira, janeiro 19, 2016

16 COISAS PARA FAZER EM 2016

Há exatamente um ano, eu estava aqui na frente do computador escrevendo minhas metas para 2015 e era um meme do mais ou menos falecido Rotaroots. No final das contas, consegui cumprir a maioria das coisas que eu planejei e resolvi fazer uma nova listinha de coisas que quero muito que aconteçam esse ano, porque, sem dúvida, ele será incrível.

1 - Não abandonar o caderno de gratidão, o bullet journal e o memory jar, que ainda pretendo mostrar aqui no blog;
2 - Comer de forma mais saudável;
3 - Exercitar meu inglês;
4 - Aproveitar mais a academia, porque ela está sendo paga para isso;
5 - Me divertir mais;
6 - Me resolver com meu cabelo ~meta de vida;
7 - Fazer uma lista de metas mensal, mas não pretendo publicar no blog;
8 - Fotografar, fotografar e fotografar;
9 - Viajar;
10 - Entrar em um curso de Matemática;
11 - Ser sociável;
12 - Parar de pensar sempre o pior sobre o ser humano;
13 - Buscar tratamento para a minha ansiedade;
14 - Ajudar alguém que tenha problemas com ansiedade e depressão;
15 - Melhorar minha escrita;
16 - Continuar com a lista de 2015.

É conseguindo essas coisas simples que eu me mantenho motivada para conseguir coisas grandes e tudo o que está na minha lista é um degrau que preciso subir todos os dias. Assim a vida fica mais leve e eu não fico louca.

E vocês, já estabeleceram suas metas para 2016?



Acompanhe o blog nas redes sociais
 Instagram || Facebook || Flickr || Bloglovin  || Snapchat: milcaabreu  

segunda-feira, janeiro 18, 2016

AMOR VIA CORREIO

Dezembro foi o mês que eu mais me surpreendi em todo 2015. Sabe aquela sensação de que alguém te vê lá de cima e te manda as respostas certinhas? Isso resume o meu final de ano. Como vocês sabem, eu sou colaboradora do blog Pensamentos Valem Ouro e a Vanessa é uma pessoa queridíssima, apesar de os nossos assuntos serem bem mais sobre o blog e/ou livros. 

Ela nos avisou que seriam enviados alguns livros pelos Correios para que pudéssemos fazer resenha, então eu meio que já estava esperando algo. Acontece que a surpresa foi muito maior quando vi post-it, caneta, bloquinho de anotações, marcador de páginas, além do livro que eu estava desejando há tempos, mas que sempre deixei paara depois. Foi um livro escolhido por ela e enviado com todo carinho do mundo.
Não tinha como ficar mais feliz e não vejo a hora de poder retribuir o carinho. Acredito que nos dias em que vivemos precisamos mais do que nunca compartilhar alegrias, pois só faz bem e por isso dediquei um post aqui no meu cantinho para isso.

Obrigada, Vanessa!

Acompanhe o blog nas redes sociais
 Instagram || Facebook || Flickr || Bloglovin  || Snapchat: milcaabreu  

quinta-feira, janeiro 14, 2016

FILME | OS 8 ODIADOS (2016)

O primeiro filme da minha lista de filmes para ver em Janeiro era Os 8 odiados e finalmente pude ir cinema conferir esta obra de arte. Primeiro quero dizer que nem sempre fui fã dos filmes do Quentin Tarantino. Lembro de ter assistido alguns, como Pulp Fiction e Kill Bill, e não ter entendido absolutamente nada, mas eu devia ter uns 13 anos. 

Depois, quando assisti novamente já com um pouco de conhecimento sobre a forma dele de fazer seus filmes, consegui ver o quanto ele é genial e tem um jeito único e sangrento de desenhar suas obras. Dito isso, afirmo que enquanto você não compreender o autor, dificilmente gostará de H8ful.

Quando voltei para casa, depois da sessão, fui correndo ler as críticas e foi justamente o que vi. Pessoas falando que o filme é arrastado e a única vontade era ver as atualizações do Facebook. 
Pois bem, o filme é dividido em seis capítulos e se passa nos Estados Unidos em momento pós-guerra. Prevendo uma tempestade de neve, o caçador de recompensas Major Marquis Warren pede carona a um homem chamado O.B., que leva outro caçador de recompensas chamado John Ruth e sua prisioneira, Daisy Domergue. Eles estão a caminho de Red Rock. Aí os diálogos são à la Tarantino e que não combinariam com mais ninguém além de Samuel L. Jackson. E, durante o caminho, são abordados por Chris Mannix, que diz ser o futuro xerife de Red Rock.

Passada a tensão, eles param no armarinho da Minnie para esperar o fim da nevasca. Lá encontram outros três homens e em dado momento, Warren começa a provocar um deles, o ex-general Sanford Smithers. Nesse meio tempo algo acontece.
Todo o filme acontece em apenas dois ambientes. Já no início você tem em torno de cinco minutos uma única câmera em um único assunto. Os diálogos são bem grandes, como é de costume e os dois primeiros capítulos são no mesmo ambiente e, grande parte, com apenas três personagens, Muitas pessoas viram isso como uma coisa horrível e disseram que sentiram sono, mas para mim, é apenas o jeito do Tarantino de fazer filmes. Claro que Django foi algo bem mais dinâmico, mas ainda assim tivemos aquelas conversas imensas entre dois únicos personagens. 

A trilha sonora está impecável, óbvio, e as atuações são simplesmente ótimas. A história do filme é muito interessante e cheguei até a comentar que foi algo bem Agatha Christie. Se você não sabe do que estou falando, trata-se basicamente de um detetive que é ótimo observador e no final sempre descobre o culpado. Adoro esse climão de mistério e Os 8 odiados é exatamente isso: alguém que diz ser quem não é. Você passa o filme todo apontando um e outro e no final é algo bem inesperado.

Vale muitíssimo a pena, mas repito, é preciso compreender o "modelo tarantinesco" de escrever, caso contrário, certamente você vai sair do cinema na metade do filme ou vai dizer que odiou.   

Acompanhe o blog nas redes sociais
 Instagram || Facebook || Flickr || Bloglovin  || Snapchat: milcaabreu  

terça-feira, janeiro 12, 2016

SÉRIES PARA 2016

Eu já falei aqui sobre alguns dos filmes que pretendo ver no cinema esse ano e agora, com ajuda do grupo mais amado do Facebook, o Blogueiros Geeks, vou falar para vocês as séries que quero ver em 2016. Aqui vai uma mistura de lançamentos e séries que já estrearam, mas por motivos de estudos não consegui acompanhar. A partir de Fevereiro, as coisas vão ficar mais tranquilas, visto que minha prova é dia 31. Então vamos lá.
  • Jessica Jones
Estou bastante ansiosa para ver essa série, já que estão falando super bem. Lançou ano passado e foi o que falar e aliás, as séries da Netflix têm dado o que falar, não é? 
  • Legends of Tomorrow

Desde que anunciaram o lançamento de Legends of Tomorrow, eu sonho com ela todos os dias. Se você acompanha Arrow e Flash, sabe da minha loucura diária sempre que lembro que a estreia está próxima. Lembram dos episódios Legends of Today e Legends of Yesterday? Quase chorei, então imaginem minha situação atual. Estreia dia 21/01.
  • Making a Murderer

Me chamem de psicopata, mas eu amo filmes e séries sobre assassinos/assassinatos, porque eu amo o raciocínio dos personagens para descobrir o culpado e pelo nome, eu acho que vou gostar dessa. Não li muito a respeito, mas o pouco que vi essa série é ótima.
  • Supergirl

Como podem perceber, sou muito fã de super heróis e já faz tempo que quero ver Supergirl, mas só agora vou ter um tempinho. Ela está com notas muito boas nos sites que acompanho, então acho que vale a pena.
  • Limitless

Eu nunca vi o filme, mas também já está na minha lista. Um filme que vira série tem tudo para ser muito bom e quando eu li a sinopse achei muito legal e por isso acrescentei à minha listinha pequena de séries para 2016.
  • Chicago Med
Por último e não menos importante, quero muito ver Chicago Med. Deve ser algo parecido com House e Grays Anatomy e como gosto de ambas, provavelmente gostarei dessa também. Vamos ver.

Claro que essas são apenas algumas das séries que novas que pretendo ver. Ainda tem as que eu já acompanho e as que estão atrasadas. Queria que isso desse dinheiro, eu estaria rica. Mas como faço por pura diversão já está ótimo. Esse ano promete hein? Não quero perder nada e já fico pensando nas séries que ainda nem foram anunciadas. Ansiedade total!

Acompanhe o blog nas redes sociais
 Instagram || Facebook || Flickr || Bloglovin  || Bando de Séries ||Snapchat: milcaabreu  

segunda-feira, janeiro 04, 2016

FILMES PARA VER EM JANEIRO

O ano mal começou e eu já estou super ansiosa pelos lançamentos que vêm por aí. Já vimos que 2016 vai ser o ano dos super-heróis e eu não vejo a hora de tentar assistir metade deles. Fora os lançamentos da DC e da Marvel, têm muitos outros filmes que aparentemente serão bem legais e que eu quero muito assistir e, claro, Tarantino é o número um na minha lista.
  • Os oito odiados (Quentin Tarantino) - 07/01/16
Inspirado nos clássicos do gênero Sete Homens e um Destino e Os Doze Condenados, o faroeste traz a história de uma diligência contendo vários passageiros, que são impedidos de continuar viagem por causa de uma nevasca. Logo, eles são vítimas de um ataque de caçadores de recompensas e outros criminosos.
  • Carol (Todd Haynes) - 14/01/16
A jovem Therese Belivet tem um emprego entediante na seção de brinquedos de uma loja de departamentos. Um dia, ela conhece a elegante Carol Aird, uma cliente que busca um presente de Natal para a sua filha. Carol, que está se divorciando de Harge, também não está contente com a sua vida. As duas se aproximam cada vez mais e quando Harge a impede de passar o Natal com a filha, Carol convida Therese a fazer uma viagem pelos Estados Unidos.
  • Joy: o nome do sucesso (David O. Russell) - 21/01/16
Criativa desde a infância, Joy Mangano entrou na vida adulta conciliando a jornada de mãe solteira com a de inventora e tanto fez que tornou-se uma das empreendedoras de maior sucesso dos Estados Unidos.
  • A quinta onda (J Blakeson) - 21/01/16

No futuro, a Terra começa a sofrer uma série de ataques alienígenas. Na primeira onda de ataques, um pulso eletromagnético retira a eletricidade do planeta. Na segunda onda, um tsnunami gigantesco mata 40% da população. Na terceira onda, os pássaros passam a transmitir um vírus que mata 97% das pessoas que resistiram aos ataques anteriores. Na quarta onda, a adolescente Cassie Sullivan vai ter que descobrir em quem pode confiar.
  • Presságios de um crime (Afonso Polyart) - 21/01/16
Um detetive do FBI está à caça de um perigoso serial killer, que vive fazendo jogos com suas vítimas. Para capturá-lo ele busca a ajuda de um médico aposentado, especialista em jogos do tipo mas que se afastou do trabalho após a morte traumática de sua filha.
  • Tirando o atraso (Dan Mazer) - 21/01/16
Poucos dias antes de seu casamento e a contragosto, Jason Kelly é incumbido de conduzir seu avô, um assanhado ex-general do Exército que acabou de ficar viúvo, até Boca Raton, na Flórida.

  • Anomalisa (Charlie Kaufman, Duke Johnson) - 28/01/16
Michael Stone é um palestrante motivacional que acaba de chegar à cidade de Connecticut. Ele segue do aeroporto direto para o hotel, onde entra em contato com um antigo caso para que possam se reencontrar. A iniciativa não dá certo, mas Michael logo se insinua para duas jovens que foram ao local justamente para ver a palestra que ele dará no dia seguinte. É quando ele conhece Lisa, por quem se apaixona.

Esses são apenas alguns dos que estão na minha lista e, apesar de saber que vai ser meio difícil ver tudo em apenas um mês, espero conseguir pelo menos três. E vocês, quais estão em suas listas?

Acompanhe o blog nas redes sociais
 Instagram || Facebook || Flickr || Bloglovin  || Snapchat: milcaabreu  

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...