terça-feira, julho 28, 2015

FILME | SAL DA TERRA (2014)

Quem gosta de estudar fotografia e buscar referências, certamente conhece Sebastião Salgado, um dos fotógrafos mais renomados e mestre do preto e branco. Ano passado, lançaram um documentário contando sobre a trajetória dele e mostrando lugares por onde passou. Sebastião Salgado presenciou muitos fatos históricos e mostrou ao mundo inteiro o que ninguém mostrou antes, de uma forma única. 
O foco de suas fotografias era o ser humano. Ele sentia necessidade de mostrar uma situação que pouco se falava. Questões como a fome, a miséria e maldade humana são assuntos muito presentes no nosso dia-a-dia, mas que é simplesmente ignorado e nós sabemos disso. A fotografia dele realmente choca. 
Em Sal da Terra, ele conta detalhes sobre seus projetos e conta a história de muitas de suas fotografia, porque a fotografia é isto: contar algo. De a Serra Pelada a natureza, suas fotos têm o poder de nos levar a lugares que talvez nunca possamos conhecer. Além disso é fundamental conhecer os motivos que levaram alguém a se tornar fotógrafo ou se apaixonar pela arte de fotografar. Esse não é um documentário apenas para fotógrafos, acho que todo mundo deveria assistir e refletir um pouco sobre o que podemos fazer para tornar o mundo um lugar melhor.

Acompanhe nas redes sociais
:: Instagram | Facebook  ::

quinta-feira, julho 23, 2015

COISAS LEGAIS QUE OUVI EM UM WORKSHOP DE FOTOGRAFIA

No início do mês, houve um workshop de fotografia na Fnac do Parkshopping aqui em Brasília e como foi entrada gratuita fiz questão de ir, porque se de graça até injeção na testa, imagine um evento relacionado à foto, certo? Desde o início eu soube que seria algo sobre o básico e que eu já sabia muita coisa do que o palestrante iria falar, mas eu sempre acho que vou ouvir algo diferente e que possa acrescentar.

Estava certíssima e tive a oportunidade de ver alguém que entende muito bem de fotografia, me ensinar um pouquinho mais. O nome dele é Sérgio Luis e não encontrei muito sobre ele na internet, mas tudo bem. Ele falou algumas coisas que me chamaram muita atenção e me fizeram pensar.

Uma dessas coisas foi que o modo automático nem sempre é ruim. Nunca havia passado pela minha cabeça a ideia de que no fotojornalismo isso não é uma coisa absurda. O Sérgio falou que em um momento em que o fotógrafo precisa ser rápido, ele simplesmente não vai ter tempo de parar e regular a câmera. Vai no automático mesmo. Faz sentido, certo?

Outra coisa que vai parecer meio absurda, mas que acontece. Nem sempre nós nos damos o trabalho de conhecer nossas amigas câmeras. Eu, por exemplo, quando acostumo com uma determinada configuração é difícil mudar, é muito cômodo mudar apenas a velocidade do obturador, né? Quando ele falou sobre balanço do branco eu me senti envergonhada, porque apesar de conhecer as funções eu realmente nunca mudei nada no menu. A não ser da função 'flash' para 'auto'. 

Tanta coisa que ele falou, coisas aparentemente bobas e que todo mundo sabe, mas que na verdade faz uma tremenda diferença. Gostaria de ter uma memória boa para lembrar de tudo. Ir a esse workshop me fez repensar vários detalhes, sabe? E é porque foi sobre o básico, agora você imagine um evento desses maiores que têm por ai... Acho que todo mundo que ama fotografia e trabalha ou só a tem como hobby deveria passar por encontros assim. Deveria ser item obrigatório.

Acompanhe nas redes sociais
:: Instagram | Facebook  ::

segunda-feira, julho 20, 2015

MEUS CLICKS: APENAS CLIQUES

20/07/2015
Aqui em Brasília está um clima meio meio louco, como sempre. Você acorda, está super frio, dá meio-dia e o calor está de rachar, no final da tarde tem um solzinho e um frio gostoso. À noite, segura o forninho porque o frio tá de matar. Pode parecer estranho, mas eu amo isso. 

Essa época do ano é bastante comum termos ipês lindos por aqui, mas ainda não tive a oportunidade de fotografá-los melhor. Ontem eu saí para fazer um trabalho e encontrei esse único ipê onde fui. Impressionante como tem ipê para tudo que é lado e onde eu fu só tinha esse, mais conhecido como ipêlado (lol). 

E também encontrei pelo caminho, esse pinho solitário, algo que nunca mais encontrei na cidade e ele precisava ser fotografado. Tava lá, jogado no chão e meio triste. Ainda bem que eu apareci para resgatá-lo, né? Eu normalmente não gosto das fotos que tiro, mas gostei dessas, por mais simples que sejam.


Acompanhe nas redes sociais
:: Instagram | Facebook  ::

sábado, julho 18, 2015

TAG: 7 COISAS

18/07/2015
Há algum tempo as meninas do Gemices e a Kah do Coffee, Rock and Beer me marcaram para responder à tag 7 coisas. Demorei e hoje aproveitei um tempinho para vir aqui responder. Confesso que foi difícil, porque eu não quis colocar coisas repetidas, por exemplo, o fato de eu amar fotografia. É algo que todo mundo aqui já sabe, por isso quis colocar outras coisas e foi difícil, viu? Mas consegui. Então vamos lá!

7 coisas para fazer antes de morrer: 
1. Conhecer a Irlanda
2. Morar em outro país por um ano ou mais
3. Visitar o parque do Herry Potter
4. Ter um lugar para cuidar e abrigar de cães e gatos 
5. Conseguir controle emocional
6. Ler todos os livros da minha estante
7. Ver neve de perto, de preferência a do Canadá.

7 Coisas que eu mais falo: 
1. Gente!
2. Oh céus, oh dizãz, oh god
3. Ownnn
4. Não sou obrigada!
5. Vei!
6. Cara!
7. De boa na lagoa

7 Coisas que eu faço bem: 
1. Ajudar as pessoas, embora não receba nada em troca, mesmo um 'obrigada'
2. Ignorar gente chata
3. Esquecer coisas importantes
4. Me preocupar com os problemas do mundo e sofrer com eles
5. Receitas diferentes
6. Ter a mente aberta para entender coisas totalmente opostas, como por exemplo, ciência e religião
7. Achar que na verdade eu não faço nada bem

7 Coisas que NÃO faço bem: 
1. Dar conselhos
2. Consolar pessoas
3. Esquecer coisas inúteis
4. Ter calma e paciência
5. Receber elogios com naturalidade
6. Me concentrar 
7. Guardar dinheiro

7 coisas que me encantam:
1. Natureza
2. Pessoas inteligentes
3. Ouvir histórias de vida realmente interessantes
4. Os avanços tecnológicos
5. Fotografias que contam histórias
6. A história da criação do mundo, independente da forma como ela é contada
7. Pessoas boas

7 coisas que eu amo: 
1. Comer
2. Barulho da chuva
3. Dias frios e nublados
4. Ficar de meia o dia todo
5. Sair de casa apenas para fotografar
6. Saber que estou sendo útil
7. Gatinhos

7 coisas que eu NÃO gosto:
1. Pessoas que abusam da boa vontade alheia
2. Gente que fala pelos cotovelos
3. Quando interrompem algo que estou fazendo por motivo nenhum
4. Quando duvidam da minha inteligência e/ou capacidade
5. Gente barulhenta, a exceção do meu noivo que é baterista. Aqui entram pessoas que falam alto, não tem o cuidado de não deixar uma porta bater, que arrastam chinelo e por ai vai.
6. Ter que explicar coisas óbvias
7. Animais sendo maltratados 

Como sempre, não tenho blogs para indicar, mas sintam-se à vontade para responder.


Acompanhe nas redes sociais
:: Instagram | Facebook  ::

terça-feira, julho 14, 2015

5 VEZES EM QUE A VIDA ME FEZ ROCKEIRA

Depois de ficar muito tempo sem postar nenhum dos temas propostos pela Rotaroots*, hoje eu decidi fazer esse post em homenagem ao dia mundial do rock que foi ontem, 13 de julho. Hoje, eu não sei se tenho um estilo de música preferido, depende muito, mas se eu tivesse que escolher um único estilo musical para ouvir pelo resto da vida, sem dúvida seria rock. Então vamos lá.
1) Quando eu estava na 7ª série e achei que, conhecendo demais a vida, o rock poderia substituir qualquer relacionamento amoroso.

Pois bem, eu estava na fase de me apaixonar por qualquer garoto que dissesse que "oi" para mim, e claro que isso não daria certo. Então eu decidi que jamais me apaixonaria novamente, deixaria de ouvir pagode para ouvir rock e só usaria preto. Sim, foi uma troca maravilhosa, mas ainda voltei a me apaixonar e a usar rosa.
2) Quando fui ao show mais lindo ever, mesmo não sendo rockeira (tiramos essa fotos antes de entrar no ginásio)

Foi no dia 15 de setembro de 2011. Quando soube que haveria show do Judas Priest aqui em Brasília, meu noivo não pensou duas vezes e, claro, fui com ele. Imaginei que seria pisoteada ou que teria um ritual satânico no meio da pista, mas foi a coisa mais linda que já vi. Os efeitos incríveis, tudo muito organizado, pessoas educadas e o Rob caindo da moto. Foi lindo!
3) Quando Deus me deu um noivo rockeiro e que tocava em uma banda de metal

Até hoje lembro a primeira vez em que o vi tocando bateria. Não é porque é meu noivo não, ou talvez seja, mas ele é incrível. Nunca fez aulas de bateria e toca demais e não sou só eu quem diz isso. Ele é realmente foda! Hoje ele ainda toca em três bandas (maravilhosas), mas nada comparado aos tempos de ouro que cito logo abaixo.
4) Quando, nos shows da banda do noivo, sempre tinha a banda, eu e um bêbado. Apenas.

Os melhores momentos da minha vida de "namorada de um rock star" era quando ele ainda tocava metal e nos shows não ia ninguém além das bandas que tocariam, as namoradas e um bêbado que ficava dançando na frente do palco. Tempos bons... 
5) Quando percebi o Rob Haford tem o vocal mais lindo do mundo!

Antes do show, quando eu quis conhecer a banda para depois entrar no meio daquela loucura, eu percebi que era aquele cara que eu queria ouvir cantando pelo resto da minha vida.

Brincadeiras a parte, o rock sempre esteve presente na minha vida, mesmo quando eu ouvia só músicas evangélicas. Comecei me apaixonando pelo Love Metal, lembram dos CDs? Minha vizinha ouvia no volume máximo e além disso tinha o comercial na TV que passava trechos das músicas. Passei a buscar um pouco mais sobre os cantores que estavam naquelas coletâneas e, graças a Deus a internet chegou para facilitar mais ainda o acesso a tudo aquilo que um dia me foi proibido.

Bye

*Esse post faz parte da blogagem coletiva do Rotaroots. Um grupo de blogueiros que buscam resgatar o tempo dos bons e velhos diários virtuais. 

sábado, julho 11, 2015

FILME | CADA UM NA SUA CASA (2015)

11/07/2015
Animações são os tipos de filme que não tem como não gostar. Quando busco um filme para assistir, eu quase nunca vou direto nas animações, geralmente eles ficam para aqueles momentos em que não tenho vontade de assistir nada. São salvadores. O filme da vez foi Cada um Na Sua Casa, que tem por título original, Home. Desde que lançou fiquei louca para ver, no entanto não pude ir ao cinema e só agora tive a oportunidade de ver.
A Terra é invadida por seres chamados Boov. Eles são super autoconfiantes e, ao ocuparem o planeta, mudam todos os humanos para a Austrália. Compulsoriamente. Durante essa mudança, uma garotinha chamada Gratuity 'Tip' Tucc e seu gato Porquinho, ficam na terra, enquanto a mãe é levada. 
Como é comum, sempre tem o atrapalhado da história. Aqui temos Oh. Ele explica o porquê do nome e super me identifiquei hahaha. Eu acho que é assim que as pessoas fazem quando me veem, sei lá (brinks). Por um descuido ele acaba entregando a localização dos Boov para o Gorg, o vilão. Por acaso, Oh e Tip se encontram e entram em uma aventura que inicia com uma guerrinha e parte para uma amizade linda.
O filme tem mil coisas legais, entre elas o fato de que temos Jim Parsons, Rihanna e Steve Martin. Acho que cada um combinou direitinho com seus papeis. A trilha sonora é o máximo, afinal, temos a diva cantando.
Navegando pelo Pinterest, achei algumas imagens muito legais do filme e decidi inserir nesse post, porque ele é muito amor, então se preparem para um post enorme.
 Pin2
 Pin3
 Pin4
 Pin5
Foto minha

E essa gif é minha reação ao final do filme.
Bye

sexta-feira, julho 10, 2015

APLICATIVO PARA OLHAR CONSTELAÇÕES

09/07/2015
Eu sempre gostei muito de olhar as estrelas e, por mais bobo que pareça, sempre que o céu está estrelado a primeira coisa que eu procuro é as Três Marias. Como tudo na minha vida, nunca me aprofundei no assunto e sei bem pouco em relação a nomes, localizações e outras coisas, mas mesmo assim, não deixo de apreciar.
Tenho cadastro em um site que oferece aplicativos grátis todos os dias e, em uma dessas dicas veio o aplicativo Starlight que serve para localizar estrelas e corpos celestes. Então eu pensei: Porque não?Ele indica a posição real das estrelas e mostra os desenhos das constelações, é muito bacana ver um céu virtual na palma da mão. Eu acho bem legal o fato de ele fazer uma espécie de curvatura conforme você mexe o celular.

Duas coisas:
1) Durante muito tempo eu achei que as constelações realmente tinham as formas dos signos do zodíaco (lol) e fiquei surpresa quando descobri que não tinham (lol²).
2) Sempre quis um telescópio, mas ainda não pude vender um rim, por isso achei esse aplicativo tão legal.

Para quem gosta do assunto, é um ótimo aplicativo e muito divertido, mas ele está disponível apenas em Inglês, então você precisa saber um pouco da língua para entender melhor. Ah e ele é pago, custa R$0,99, mas vez ou outra aparece como aplicativo do dia.

Bye

quarta-feira, julho 08, 2015

8 ON 8 (JULHO)

08/07/2015
Hoje é dia 8 e chegou mais um 8 on 8, que antes era 7 on 7. Esse mês temos o tema Natureza. Não existe melhor tema do que esse. Separei algumas fotos recentes e mais antigas que representam bem esse tema.
As três primeiras fotos, foram tiradas em Pirenópolis-GO e já estou morrendo de saudades daquele lugar. São duas cachoeiras lindas que nós visitamos em outubro do ano passado. Preciso voltar lá urgentemente. 
As próximas três fotos, são do Parque da Cidade, famoso aqui no blog. Adoro aquele lugar. Mesmo que eu vá muito lá, é sempre lindo. No dia que eu tirei essas fotos, era uma tarde de outono e estava um sol lindo misturado com um friozinho.
As duas últimas também são de Pirenópolis, no Mirante Ventilador. Cara, eu amo mirante. Não há sensação melhor do que estar em contato com a natureza. Olhar tudo de cima é incrível. Está ai um tema que eu poderia passar horas/dias falando sem parar, porque realmente é uma coisa que me encanta.

Acompanhe também o blog das outras meninas:

sexta-feira, julho 03, 2015

NOVAS VERSÕES PARA A MÚSICA DE GAME OF THRONES

Desde que ouvi pela primeira vez, a música da abertura de Game of Thrones se tornou a minha preferida de todos os tempos. Já usei como toque de celular, despertador e já decidi que no dia em que eu me casar, independente da forma de comemoração, ela vai tocar durante a minha entrada. Vai ser lindo. Fuçando aqui no Youtube, encontrei algumas pessoas legais que deram uma nova versão para a música e que merecem palmas.


Acho que nunca na história do mundo, uma série foi tão comentada como tem sido GoT. Nas últimas semanas (estou atrasada), muitas críticas vieram sobre o fato de que houve muita mudança em relação aos livros. Eu acho algo natural, claro que eu gosto quando a história é fiel ao livro. Em séries, raramente isso acontece e com GoT não seria diferente. O legal é ver as coisas sob perspectivas diferentes. Eu gosto disso.
E o que acharam das músicas? Legais, né?

Bye

quinta-feira, julho 02, 2015

PIN IT: REGULAR SHOW

02/07/2015
Não existe lugar mais legal do que o Pinterest. Sério. Vai lá que você vai ver que eu estou falando a verdade. É o lugar na internet que eu mais visito, porque ele sempre inspira e mesmo que não resolva o problema com a falta de criatividade no momento, ele me faz muito bem. As imagens postadas por lá de alguma forma me transmitem uma paz enorme. Geralmente visito antes de dormir ou quando a insônia bate.
Um belo dia, resolvi pesquisar por Apenas um Show e o resultado foi incrível. Cada ideia mais genial que a outra. Como pode alguém simplesmente ter a ideia de fazer uma ilustração? Fico pensando o que essas pessoas estavam fazendo antes de terem ideias maravilhosas. Separei alguns que mais gostei para mostrar para vocês.


Pin 7 - Pin 8 - Pin 9

Gosto demais desse desenho, sabe? Sou fã do Cartoon Network desde sempre e um desenho ou outro que eu não gosto, mas no geral, passo o dia em frente a TV se deixarem. Visitem os links que deixei e morram de amores com a criatividade alheia.

Bye

quarta-feira, julho 01, 2015

TEASERS FEAR THE WALKING DEAD

01/07/2015
Ando muito ansiosa desde que soube do spin-off de The Walking Dead, apenas porque eu amo zumbis. A ideia toda de apocalipse zumbi me diverte demais. Eu sei que você tá rindo de mim, mas é sério, gosto mesmo. 
Não sou muito de ver trailers de filmes e séries, mas teasers, por serem curtinhos, eu acabo vendo e por isso eu decidi fazer esse post com os teasers que saíram recentemente da série.
Por mais que todos nós saibamos como tudo começou, é sempre legal ver o início de tudo. A pricício, em Fear The Walking Dead não terá participação dos personagens de TWD, mas pode ser que o diretor mude de ideia ou então deixe alguns "easter eggs", né?
A série está prevista para Agosto desse ano, terá seis episódios na primeira temporada e se passará em Los Angeles. Como eu disse, são personagens novos e talvez não tenha tantos zumbis quanto em TWD. 
Acho que vai ser bem divertido acompanhar mais essa trama e, apesar de não gostar muito do meu aniversário, será um presente bem legal.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...